Primeiro Caderno do Aluno de Poesia Oswald de Andrade

1927

Misto de paródia e invenção, este clássico do modernismo brasileiro – de 1927 -, além de colocar em xeque o conceito tradicional de livro de poemas, radicaliza procedimentos poéticos da vanguarda: o estilo telegráfico e a montagem.

Tags: , , , ,

Deixe um Comentário